Dentro da escola:

Três adolescentes são suspeitos de estuprar menino de 6 anos

Três adolescentes – dois de 16 anos e um de 12 – são suspeitos de ter estuprado um menino de 6 anos dentro de uma escola municipal de Rio Verde, na região sudoeste de Goiás. De acordo com a Polícia Civil, a mãe da vítima percebeu um comportamento diferente do filho, além de um sangramento nas partes íntimas dele. Após questioná-lo, soube dos abusos e procurou a delegacia.

Em entrevista à TV Anhanguera, o delegado Stanislão Mont’Serrat, responsável pelo caso, os abusos teriam ocorrido há três meses, dentro da unidade escolar. A mãe do menino só teria descoberto o estupro há uma semana.

“Questionando o garoto, a mãe ficou sabendo que três adolescentes pegaram esta criança, levaram para baixo de uma árvore e praticaram tanto sexo oral quanto anal. A mãe relata que há três meses o menino teve um sangramento, mas ela achou que se tratava de uma diarreia e não tomou nenhuma providência”, disse.

A Secretaria Municipal de Educação de Rio Verde informou em nota à TV Anhanguera que abriu uma sindicância para apurar os fatos e que está contribuindo com a com as investigações da Polícia Civil.

Conforme apontam as investigações, o estupro teria ocorrido dentro de uma escola municipal no distrito de Lagoa do Bauzinho, em Rio Verde, em agosto deste ano.

Após o caso ser registrado na polícia, o menino foi submetido a exame de corpo de delito que não conseguiu constatar as agressões. Segundo o investigador, não foi constada a violência por conta do tempo decorrido do fato.

“Nós vamos pedir um psicólogo para ouvir a criança, ouvir a versão dele. A criança foi submetida a exame de corpo de delito, mas não foi constatado por já haver três meses da violência, então não pode constatar nada”, afirmou.

O delegado afirmou que o próximo passo será ouvir a direção da escola, os menores suspeitos e os responsáveis deles para apurar o que ocorreu.

(Fonte: G1)