EM RIO VERDE CAMINHONEIRO É FLAGRADO EMBRIAGADO:

Caso foi na BR 060 e ele foi multado em R$ 3mil e teve a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) aprendida.

 Um caminhoneiro, de 59 anos, foi preso após ser flagrado dirigindo embriagado na BR-060, em Rio Verde, no sudoeste de Goiás. Imagens mostram quando o condutor sai do veículo e tem dificuldade de conversar e andar. O homem foi preso por embriaguez ao volante, multado em R$ 3mil e teve a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) aprendida.
 O caso ocorreu na noite de quarta-feira (7). A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o homem estava fazendo zigue-zague na pista e pensou estar em Jataí, enquanto estava em Rio Verde.
 Nas imagens, é possível ver quando o homem toma um gole de alguma bebida e descarta o recipiente no veículo. Ele desce cambaleando e tenta explicar para onde estava indo. O policial pergunta quanto ele bebeu e ele responde: “Uma cerveja. De latinha. Eu passei em um posto abandonado e errei, então estou voltando”.
 Ao ser submetido ao teste do bafômetro, o equipamento acusou 0,61 ml de álcool por litro de ar expelido. Segundo o inspetor da PRF Newton Morais, por causa do resultado, ele foi autuado por embriaguez ao volante.
 “Ele estava com a voz arrastada e odor etílico forte. Ele estava fazendo zigue-zague por toda a pista e dificultando a ultrapassagem. Além disso, ele pensou que estava em Jataí, mas estava em Rio Verde. O motorista foi levado para a delegacia de Rio Verde, onde ficou preso e teve fiança arbitrada em um salário mínimo, mas não tinha o valor, então continuou detido”, afirmou ao G1.
 O inspetor destacou ainda que a PRF segue fazendo uma operação para evitar acidentes nas rodovias federais durante o carnaval.   “Temos que lembrar ainda que se uma pessoa embriagada matar alguém no trânsito, a lei prevê pena de cinco a oito anos, sem possibilidade de fiança”, pontuou.
 A Polícia Civil de Rio Verde informou que o homem não conseguiu pagar a fiança e seguia na Casa de Prisão Provisória (CPP) da cidade até o início da tarde desta quinta-feira (8).
 
(Fonte: G1)